Diácono Agostinho Scalon

Aniversário: 05/03
Ordenação Diaconal: 19/09/2015

Diácono Agostinho Eusébio Scalon é casado com Mary Garcia Scalon (desde 1984) com quem tem um filho, Guilherme Garcia Scalon. Natural de Terra Boa (PR), reside em Maringá desde os 4 anos de idade, onde, por muitos anos, participou da Comunidade Paroquial Santa Maria Goretti. Passou a fazer parte da Comunidade Paroquial da Catedral em 1995 quando do ingresso de seu filho na Catequese Infantil. Na Catedral, já integrando o Ministério Extraordinário da Comunhão Eucarística (e, posteriormente sendo Coordenador do Ministério), foi convidado pelo Mons. Júlio Antônio da Silva (então Pároco de Catedral) e pelo Diácono Jair Benália a integrar, em 2003, a segunda turma da Escola em preparação ao Diaconato Permanente. Considerando com carinho o convite, mas julgando ainda a necessidade de maior amadurecimento vocacional, optou por não participar daquela turma. A decisão pelo ministério aconteceu somente mais tarde, quando novamente, agora pelo convite do Mons. Antônio de Pádua Almeida (então Pároco da Catedral) e do Diácono Jair Benália, deu seu sim à comunidade, iniciando a Escola Diaconal em 2011 fazendo parte de sua terceira turma. Em 19 de setembro de 2015 foi Ordenado Diácono Permanente pela Imposição das Mãos e Prece de Ordenação de Dom Anuar Battisti em celebração realizada na Catedral Metropolitana Basílica Menor Nossa Senhora da Glória.


Diácono Jair Benália

Aniversário: 27/09
Ordenação Diaconal: 03/08/2002

Diácono Jair Benalia é casado com Lisete Lauren da Costa Benalia(desde 1985) com quem tem dois filhos, Victor Hugo e Hugo Rafael. Natural de Mandaguaçu (PR), reside em Maringá desde 1975, onde inicialmente participou da Comunidade Paroquial Cristo Ressuscitado. Passou a fazer parte da Comunidade Paroquial da Catedral em 1987, sempre muito incentivado pela esposa nas atividades da Paróquia. Na Catedral, passando pelos serviços de Leitor, de Comentarista, Catequista e já integrando o Ministério Extraordinário da Comunhão Eucarística, foi convidado
pelo Mons. Júlio Antônio da Silva (então Pároco da Catedral) e Pe. Vicente Costa (hoje Dom Vicente, Bispo Diocesano de Jundiaí) a integrar, em 1997, a primeira turma da Escola em preparação ao Diaconato Permanente, que aconteceria, juntamente com candidatos de outras Dioceses, na cidade de Ponta Grossa. Foram muitas as dificuldades em todos os setores da vida, do trabalho e da família para a realização dos estudos fora de Maringá. Concluído o tempo de formação, em 03 de agosto de 2002 (com a Arquidiocese em Sede Vacante) foi Ordenado Diácono Permanente pela Imposição das Mãos e Prece de Ordenação de Dom Murilo Sebastião Ramos Kriger (à época já transferido e empossado como Arcebispo Metropolitano de Florianópolis) em celebração realizada na Catedral Metropolitana Basílica Menor Nossa Senhora da Glória. No início tudo foi muito difícil, pois como sendo a primeira turma de Diáconos Permanentes da Arquidiocese de Maringá havia muita dificuldade por parte dos fiéis e muito desconhecimento sobre o Sacramento da Ordem conferido a homens casados. Mas por fim tudo se ajeitou, sempre confiando e colocando tudo nas mãos de Deus, seguindo no mistério a serviço de Deus, da família e dos irmãos


Diácono Marcus Geandré Nakano Ramiro

Aniversário: 28/06
Ordenação Diaconal: 19/09/2015

Diácono Marcus Geandré Nakano Ramiro é casado com Giselle Itália Ruggeri Chiuchetta(desde 2002) com quem tem um filho, Miguel Chiuchetta Ramiro. Natural de Andradina (SP), mudou-se para Maringá em 1995 (para cursar Direito na UEM) e, desde então, teve a Catedral como sua Paróquia. Inicialmente (1995) integrou o Coral Nossa Senhora da Glória e foi catequista da Catequese Infantil. Em 1998 foi convidado pelo Mons. Júlio Antônio da Silva, então Pároco da Catedral, a integrar o Ministério Extraordinário da Comunhão Eucarística e, em 2000, foi convidado (também pelo Mons. Júlio) a formar o Cerimonial da Catedral, colaborando como seu Cerimoniário (serviço em que serve até os dias de hoje). Foi Coordenador das Equipes de Canto, auxiliou na formação das primeiras turmas do Ministério de Leitores, foi Coordenador Geral da Liturgia e dos MinistrosExtraordinários da Comunhão Eucarística. Em 2009 foi convidado pelo Mons. Antônio de Pádua Almeida, então Pároco da Catedral e pelo Diácono Jair Benália, a fazer o caminho de discernimento vocacional para o Diaconato Permanente, iniciando, em 2011, a formação na Escola Diaconal. Em 19 de setembro de 2015 foi Ordenado Diácono Permanente pela Imposição das Mãos e Prece de Ordenação de Dom Anuar Battisti em celebração realizada na Catedral Metropolitana Basílica Menor Nossa Senhora da Glória. Atualmente é Diácono Permanente na Catedral de Maringá onde coordena o Cerimonial e assessora a Pastoral de Liturgia e Canto, os Ministros Extraordinários da Comunhão Eucarística e o Apostolado da Oração; na Arquidiocese integra a assessoria da Pastoral de Liturgia e Canto e o Corpo Docente da Escola Diaconal São Francisco de Assis.


Diácono José Alarcão

Aniversário: 10/08
Ordenação Diaconal: 26/12/2007


Diácono José Alarcão, casado com Maria da Glória Barbosa Alarcão (desde 1973) com quem tem três filhos: Jefferson, Jeniffer e Greyce. Natural de Cambé (PR), reside em Maringá desde 1991. Iniciou sua participação na Paróquia da Catedral no Grupo de Oração São José, em 1995. Em 1996 começou a participar da Conferência Vicentina Nossa Senhora da Glória quando veio a colaborar com a Promoção Humana da Catedral no atendimento às pessoas carentes e assistidas pela Paróquia. No ano de 2001 passou a participar do Movimento de “Evangelização 2000” e, neste mesmo ano, foi convidado pelo Mons. Júlio Antônio da Silva (então Pároco da Catedral) a ingressar no Ministério Extraordinário da Comunhão Eucarística. Em 2003 recebeu o convite do Mons. Júlio para participar da segunda turma Escola Diaconal da Arquidiocese de Maringá com início em 2004, sendo Ordenado Diácono Permanente no dia 26 de dezembro de 2007 pela Imposição das Mãos e Prece de Ordenação de Dom Anuar Battisti, em celebração realizada na Catedral MetropolitanaBasílica Menor Nossa Senhora da Glória de Maringá