- Catedral da Arquidiocese de Maringá - http://catedraldemaringa.com.br -

Ação Psicológica.

MISSÃO

Temos como missão promover a melhoria da qualidade de vida das pessoas que se encontram em sofrimento psíquico, através de atendimento de psicoterapia individual ou familiar.

Público alvo:

O atendimento é social, portanto é oferecido para pessoas de todas as idades e que possuam uma renda per capta familiar de um salário mínimo (r$ 724,00 mensal).

Recursos Humanos:

Os atendimentos são realizados por psicólogos(as) voluntários(as) devidamente registrados no Conselho Regional de Psicologia (CRP), sendo a equipe composta por 11 (onze) profissionais da área de psicologia, que são convidados a reunir-se mensalmente para reflexões e fortalecimento da fé.

Procedimento:

                As pessoas interessadas no atendimento que encontram-se dentro do critério de renda estabelecido pela Pastoral Social, devem procurar a Secretaria da Catedral e preencher uma ficha de inscrição. Assim que um dos(as) profissionais tiver vaga para atendimento entrará em contato com o paciente por meio de telefone para que o acompanhamento seja iniciado. A proposta de trabalho prevê a realização de 15 sessões psicoterápicas (Terapia Breve), sendo que o paciente deverá contribuir com 1 Kg de alimento por sessão. As sessões ocorrem semanalmente em uma sala do Centro Pastoral da Catedral.

CONVITE A OUTROS PROFISSIONAIS

A Pastoral Social acredita que podemos viver em um mundo mais fraterno e cristão, no qual todas as pessoas possam ser tratadas de forma igualitária! Sendo assim, cabe a cada um de nós, enquanto pessoas e profissionais, contribuirmos para o fortalecimento da proposta de Jesus para o mundo, visando a construção de uma sociedade mais justa e permeada por paz, amor, união…

Por isso colegas psicólogos(as), o(a) todos estão convidados à fazer parte deste lindo trabalho de partilha de nossos dons, àqueles que precisam de nós!

Para participar deste grupo apresente-se na secretaria da catedral para as informações e encaminhamentos necessários.